Mortes por overdose de analgésicos triplicam nos EUA

Um novo relatório do governo dos Estados Unidos mostra que o número de mortes causadas por overdose de analgésicos mais do que triplicou em uma década.

AE, Agência Estado

01 de novembro de 2011 | 17h29

Analgésicos controlados como OxyContin, Vicodin e metadona contribuíram para a morte de cerca de 15 mil pessoas em 2008, mais de três vezes as 4 mil mortes registradas em 1999.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, pela sigla em inglês), quase 5% dos norte-americanos de 12 anos ou mais abusam de analgésicos controlados, mas doses fatais são mais prováveis com homens e adultos de meia idade. O relatório do CDC foi divulgado nesta terça-feira. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAanalgésicosmortesoverdose

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.