Altaf Qadri/aP
Altaf Qadri/aP

Mortes por terremoto sobem para 99 na Índia e região

Noroeste indiano foi a região mais afetada; Cerca de 4 mil construções foram afetadas no Butão

AE, Agência Estado

21 Setembro 2011 | 08h47

NOVA DÉLHI - O número de mortos por um terremoto de magnitude 6,9 que atingiu a fronteira entre Índia e Nepal no final de semana subiu para 99, disseram funcionários nesta quarta-feira.

Pelo menos 65 pessoas foram mortas no Estado de Sikkim, no nordeste indiano, no terremoto do final de semana, afirmou o funcionário estadual Sonam Lepcha em Gangtok. "Nós tememos que mais vidas foram perdidas, mas é muito difícil ter um número exato."

A polícia disse que 18 pessoas morreram em outros pontos da Índia, enquanto oito morreram no Nepal. A agência estatal Xinhua informou sobre sete mortes no sul do Tibete.

Além disso, o Butão informou nesta quarta-feira sobre uma morte pelo terremoto. O pequeno reino afirmou que 16 pessoas se feriram por causa do tremor. Segundo o país de maioria budista, mais de 4 mil construções foram danificadas, incluindo 12 das fortalezas medievais conhecidas como Dzongs, que servem como centros religiosos e administrativos. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Índia terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.