Mortos em conflito são carregados por manifestantes em Bangcoc

Mortos em conflito são carregados por manifestantes em Bangcoc

O clima de tensão entre os 'camisas vermelhas' e o governo continua tenso no país

BANGCOC

12 de abril de 2010 | 02h28

Foto:  Julian Abram Wainwrigh/Efe

 

Os manifestantes antigovernamentais saíram nesta segunda-feira, 12, em procissão por Bangcoc com os caixões dos mortos nos confrontos com as forças de segurança no fim de semana que resultou em 21 vítimas fatais.

 

mais imagens Veja as fotos do conflito

 

Pelo menos 874 pessoas ficaram feridas, quando soldados do exército tentaram recuperar à força o controle das zonas públicas tomadas pelos "camisas vermelhas", que exigem a renúncia imediata do primeiro-ministro, Abhisit Vejjajiva, e a convocação de eleições.

 

Segundo informa nesta segunda o jornal "Bangcoc Post", os partidos políticos da coalizão do governo pressionam o primeiro-ministro para que ceda aos manifestantes e dissolva o Parlamento em um prazo de seis meses, e não no final do ano, como ofereceu há duas semanas.

 

Bangcoc continua em tensão e teme-se que a violência volte, já que os "camisas vermelhas", leais ao deposto e multimilionário ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, anunciaram que continuam dispostos a manter seus protestos e deixar em colapso a cidade até conseguir seu propósito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.