Mortos em confrontos na Índia já são 544

Mais duas pessoas morreram quando a polícia atirou contra uma multidão que tentava incendiar prédios no estado de Gujarat, na Índia. Até agora, 544 pessoas já morreram nos confrontos entre seguidores das religiões hindu e muçulmana. As escolas permanecem fechadas e toques de recolher ainda vigoram em diversas cidades. Na madrugada de hoje, outras quatro pessoas foram mortas na cidade de Halad, e duas, em Vijaynagar. A polícia já foi responsável por 84 das 544 mortes resultantes destes conflitos religiosos, os piores dos últimos 10 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.