Mortos em decorrência de tsunamis já passam de 11.300

O mais violento terremoto dos últimos 40 anos atingiu as profundezas do Oceano Índico, a oeste da ilha de Sumatra, e deu origem a ondas de até dez metros que varreram regiões litorâneas em seis países, matando mais de 11.300 pessoas no Sri Lanka, Indonésia, Índia, Malásia, Bangladesh e Tailândia. Com a retomada das buscas programada para o início da manhã desta segunda-feira (horário local), o número oficial de vítimas fatais pode aumentar.O governo da Indonésia luta para atender às vítimas do desastre em Aceh, região devastada por uma guerra separatista e na qual jornalistas e grupos humanitários estrangeiros são proibidos de entrar há mais de um ano. É provável que essa restrição deixe de vigorar, para que socorro estrangeiro possa chegar ao local. Outros locais - O fenômeno causou morte e destruição em outras regiões da Ásia, como Mianmá (ex-Birmânia), e até na África, onde pelo menos nove pessoas morreram em conseqüência das inundações na Somália. Em Mianmá, testemunhas informaram a morte de pelo menos dez pessoas. Na África, as ondas que atravessaram o Oceano Índico atingiram principalmente a região de Kabaal, na Somália.O governo britânico alertou seus cidadãos na Ilha Maurício, Madagáscar, Quênia e Tanzânia para o risco potencial de um tsunami. Na Ilha de Nias, que fica perto de Sumatra e é popular entre surfistas estrangeiros, 83 pessoas morreram. Milhares de pessoas ficaram desabrigadas. Tsunami - Tsunami é uma expressão japonesa que significa "onda portuária". Os tsunamis são ondas gigantes formadas pelo deslocamento de placas tectônicas no fundo do oceano. Quando uma dessas placas se move para cima, empurra uma enorme quantidade de água, que chega à superfície do mar e se propaga para todas as direções. Em mar aberto, a velocidade de um grande tsunami pode chegar a 800 quilômetros por hora.Essa massa de água atinge a Terra como uma série de grandes ondas. Quando atinge a costa sua velocidade diminui, mas sua altura aumenta. Um tsunami de poucos centímetros ou metros em mar aberto pode atingir alturas de entre 30 e 50 metros ao se aproximar de terra firme.A região onde se formaram as ondas neste domingo é suscetível a terremotos por causa da junção entre as placas da Eurásia e Indo-Australiana, que estão constantemente se empurrando. Nos próximos dias e semanas, à medida que as placas tectônicas se acomodam, é possível que ocorram novos terremotos.Itamaraty disponibiliza telefones para informações sobre brasileiros

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.