Mortos no terremoto em Java chegam a 160; há milhares de feridos

Pelo menos 160 pessoas morreram e milharesestão feridas devido ao terremoto de 6,2 graus na escala Richter que atingiu o sul da ilha de Java, na Indonésia causando um colapso nos hospitais da cidade de Yogyakarta, segundo o site de notíciasDetikcom. Yogyakarta, 400 quilômetros ao sudeste de Jacarta, fica 25 quilômetros ao nordeste do epicentro do sismo. O abalo aconteceu às 5h54 (19h54 de sexta-feira em Brasília). "Continuam chegando pacientes. Já são mais de mil", disse Eri Endarini, diretor do Hospital Sardjito, o maior da cidade. Ele explicou que os corredores e as salas de espera foram adaptados para atender a todas as vítimas. A situação se repete em diversos postos de saúde e ambulatórios da cidade, um dos principais centros turísticos do país, cujas maiores atrações são os famosos templos de Burubudur e o vulcãoativo Merapi. Segundo testemunhas entrevistadas pela emissora de rádio Elshinta, muitos edifícios públicos e casas foram totalmente destruídos. O tremor de terra afetou até mesmo a cidade de Semarang, noltoral norte de Java. Os vulcanólogos admitem uma relação entre a erupção do vulcão Merapi, este mês, e o terremoto desta madrugada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.