Mortos pelo calor na França foram quase 15 mil

A onda de calor que atingiu a França em agosto provocou a morte de quase 15 mil pessoas, de acordo com um relatório publicado hoje por uma comissão do governo. O número dá conta de pelo menos 3 mil mortos a mais do que os registrados na última contagem. A diferença de números ocorreu porque nas contagens anteriores somente as duas primeiras semanas de agosto haviam sido contadas. Nestas semanas, os mortos por calor eram 11.435. A nova contagem considerou também as duas últimas semanas do mês. A nova estimativa de mortos pelo calor veio dias após o parlamento francês ter lançado duras críticas ao sistema de saúde do país. Segundo um relatório dos parlamentares, o sistema de saúde é culpado pelas mortes, porque suas agências e serviços não foram capazes de coordenar uma ação de emergência, além de prestar um serviço insuficiente aos mais velhos.

Agencia Estado,

25 Setembro 2003 | 12h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.