Mortos por causa do furacão Isabel já são 17

O furacão Isabel, que nesta sexta-feira se transformou em tempestade tropical em sua trajetória rumo ao norte dos EUA, já causou a morte de 17 pessoas e deixou mais de 4,5 milhões de casas e estabelecimentos comerciais sem eletricidade desde sua chegada ao território americano, na quinta-feira. O furacão, que pelo segundo dia consecutivo manteve fechados os escritórios do governo federal, passou pela capital americana Washington, com ventos de até 80 quilômetros por hora. Quanto chegou ao território americano, o Isabel, um dos mais violentos furacões a passar pelos EUA nas últimas décadas, tinha ventos de até 160 quilômetros por hora. Veja no National Weather Service a animação das imagens captadas pelo satélite Goes do furacão Isabel em direção aos Estados Unidos.

Agencia Estado,

19 Setembro 2003 | 17h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.