Mortos por tsunami na Indonésia já são 525; terra volta a tremer

O número de mortos pelo tsunami (onda gigante) que atingiu a ilha de Java, na Indonésia, nasegunda-feira, subiu nesta quarta-feira para 525 pessoas, segundo fontes oficiais, que confirmaram que há 273 desaparecidos. Esta manhã (horário local), tremores de terra voltaram a espalhar pânico entre os habitantes de Pangandaran. Uma porta-voz da Agência de Gestão de Desastres da Indonésia disse por telefone que foram contabilizados também 383 feridos e 38.700 refugiados. Uma vala comum no Cemitério Público de Pamugara recebeu nesta quarta os corpos de 28 vítimas, que não foram identificados. Fontes das equipes de resgate informaram que ninguém tinha reivindicado os corpos e que eles estavam no frigorífico de uma colônia dePescadores. Esta manhã (horário local), tremores de terra voltaram a espalhar pânico entreos habitantes de Pangandaran, a região mais afetada, situada a 270 quilômetros a sudeste de Jacarta. Três abalos, de 5,4, 5,0 e 4,8 graus na escala Richter foram sentidos no sul de Java, segundo a agência americana Earthquake Hazard Program. Os moradores de Pangandaran saíram correndo pelas ruas, fugindo do mar, aos gritos de "tsunami". Os tremores têm se sucedido desde segunda-feira, quando um maremoto de 7,7 graus formou o tsunami que devastou o litoral javanês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.