Moscou ampliará arsenal nuclear tático

O arsenal de armas nucleares táticas da Marinha russa deve crescer, declarou ontem o almirante Oleg Burtsev à agência estatal de notícias RIA-Novosti. O armamento, com grande alcance e precisão, seria um elemento estratégico imprescindível, justificou o militar. EUA e URSS decidiram em 1991 eliminar parte de suas armas atômicas não estratégicas, mas em 2006 Moscou anunciou o fim do acordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.