Moscou critica pena a 'senhor das armas' russo

O chanceler da Rússia criticou ontem a sentença de 25 anos de prisão recebida por Viktor Bout, traficante de armas que inspirou o filme O Senhor das Armas, protagonizado por Nicolas Cage. Para Sergei Lavrov, a sentença foi "infundada e tendenciosa". Lavrov prometeu tentar de tudo para levá-lo de volta à Rússia. Bout, conhecido como o "mercador da morte", fornecia armas para os regimes mais violentos do mundo, especialmente na África.

O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.