Moscou quer cortar 100 mil empregos públicos

RÚSSIA

, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2010 | 00h00

A Rússia planeja cortar 100 mil empregos públicos até 2013, para reduzir os custos e modernizar a inflada burocracia do país, anunciou o ministro de Finanças, Alexei Kudrin. "Esperamos que em três anos mais de 100 mil empregos federais sejam cortados", disse. "Com isso, o total de economia feita, até 2013, chegará a 43 bilhões de rublos (US$ 1,04 bilhão)." Em 2009, o orçamento do governo ficou deficitário pela primeira vez em dez anos, com um passivo de 5,9% do PIB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.