Moscou relembra invasão nazista da Rússia

Pessoas de todas as partes da ex-União Soviética relembraram, nesta sexta-feira, o 60º aniversário da invasão alemã, que deixou 27 milhões de mortos, ao mesmo tempo em que, na Alemanha, o Parlamento lembrou a data com uma homenagem aos soldados, de ambos os lados, que tombaram na guerra. Veteranos da chamada Guerra Patriótica, com o peito coberto de medalhas, colocaram velas no monumento ao soldado desconhecido no Kremlin, às 4h00 da manhã (hora local), horário aproximado em que as tropas nazistas penetraram em território soviético, em 22 de junho de 1941. Várias centenas de jovens juntaram-se às celebrações, portando pequenas bandeiras e velas. A guerra afetou várias geraçòes de russos, incluindo os nascidos após o fim do conflito. Por exemplo, o pai do presidente da Rússia, Vladimir Putin, ficou lesionado por ferimentos provocados por uma granada atirada por um soldado alemão. E o irmão mais velho de Putin morrreu de difteria quando era bebê em Leningrado, hoje São Petersburgo. Em meio a uma persistente chuva fina, já no meio da manhã, Putin colocou uma coroa de flores diante da tumba do soldado desconhecido. Lembrando os 27 milhões de pessoas mortas na guerra, Putin, em discurso televisionado feito ao meio-dia, disse que "esse preço não foi pago por nenhum outro país. É impossível compreender a Rússia sem saber o que enfrentamos durante essa guerra". Também foram realizadas cerimônias na Bielo-Rússia, na localidade de Brest, perto do que foi a fronteira da União Soviética, onde defensores de uma fortaleza resistiram 28 dias à ofensiva nazista. Outras cerimônias estavam marcadas para hoje em Kiev, capital da Ucrânia. Em Berlilm, a capital alemã, após qualificar a ofensiva nazista de "assassina", o prresidente do Parlamento, Wolfgang Thierse, expressou seu pesar pela dor que o alemães infligiram ao povo da União Soviética e também pelos cidadãos alemães mortos durante o conflito militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.