Moscou restringe venda de bebidas alcoólicas

RÚSSIA

, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2010 | 00h00

O governo do presidente russo, Dmitri Medvedev (foto), intensificou o combate ao alto consumo de bebidas alcoólicas no país. A prefeitura de Moscou proibiu a venda de bebidas de alto teor alcoólico entre as 22 horas e as 10 horas, em uma tentativa de reduzir o alcoolismo, que mata meio milhão de pessoas a cada ano na Rússia e reduz a expectativa de vida. A nova medida entrará em vigor a partir do dia 1.º

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.