Motim deixa ao menos 40 mortos em Bangladesh

Dezenas de corpos foram encontrados em valas comuns depois de um motim de guardas de fronteira em Bangladesh, afirmou um general bengalês hoje. A rebelião teria deixado pelo menos 40 mortos. Numa entrevista à emissora de televisão NTV, o general de brigada Abu Naim Shahidullah revelou que militares estavam "desenterrando dezenas de corpos em decomposição jogados em valas comuns".O general Shahidullah supervisiona a busca por corpos e disse que ainda não dispõe de um número de mortos atualizado. Aparentemente, todas as vítimas atribuídas aos amotinados eram militares, pois todos os corpos estavam vestidos em uniformes do Exército de Bangladesh. Forças locais de segurança já detiveram centenas de guardas de fronteira em fuga e estabeleceram bloqueios em diversas partes do país desde quarta-feira, quando os amotinados voltaram-se contra seus comandantes reivindicando melhores condições de trabalho e soldos mais altos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.