Motim em prisão no norte do México deixa 19 mortos

Pelo menos 19 pessoas morreram e 12 ficaram feridas durante uma rebelião na penitenciária de Mesa, na cidade fronteiriça de Tijuana, na Baja Califórnia, ao norte do país. É o segundo surto de violência nessa prisão em apenas três dias. Não foi possível determinar inicialmente se os mortos e feridos eram todos detentos. O secretário de Segurança Pública de Baja Califórnia, Daniel de la Rosa, disse que o novo motim ocorreu na quarta-feira. Segundo ele, a polícia federal e o Exército retomaram o controle da penitenciária, que fica próxima a San Diego, nos Estados Unidos, algumas horas depois de deflagrada a rebelião. Perto de 500 familiares dos internos estavam nas proximidades da cadeia e lançaram pedras na polícia. A reação policial incluiu disparos para o alto e bombas de gás lacrimogêneo. Segundo os familiares, o objetivo da rebelião é obter melhor alimentação e água potável. Já De la Rosa afirmou que os motins eram resultados do confronto entre gangues rivais, ainda que se investigue a possível participação de funcionários da penitenciária.O governador de Baja Califórnia, José Guadalupe Osuna, afirmou que os funcionários responsáveis pelo sistema penitenciário serão interrogados pela Procuradoria de Justiça estadual, para que o caso seja apurado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.