Motorista de ônibus vira 'herói' após segurar menina que caiu do 3º andar

Stephen Bernard ouviu gritos dos vizinhos, correu para a frente do prédio e segurou a criança

estadão.com.br,

17 de julho de 2012 | 17h10

NOVA YORK - O motorista de ônibus Stephen Bernard ganhou status de super-herói nesta terça-feira, 17, em Nova York ao aparar com os braços a queda de Keyla McCree, uma menina autista de 7 anos, do terceiro andar. A criança teve apenas ferimentos leves, mas Bernard deslocou o ombro. "Foi um milagre", disse Shalema McCree, mãe da criança.

Bernard mora no mesmo prédio de Keyla. Ele ouviu gritos de socorro dos vizinhos que viram a menina brincando sobre um aparelho de ar-condicionado na janela. O motorista de ônibus correu para a frente do prédio e abriu os braços, esperando pelo pior. "Deixe-me pegá-la", gritou aos vizinhos. "Sei que consigo." Quando a menina caiu, ele conseguiu segurá-la.

"Foi o melhor lance da minha vida", disse Bernard, que é fã de beisebol. As imagens do resgate foram registradas por um vizinho. Segundo Bernard, a criança sorria após a queda, inconsciente do perigo ao qual foi exposta.

"A levantei e a levei para dentro. Ela continuava me olhando", contou o herói. "Nunca fechou os olhos, nem perdeu a consciência". A família de Keyla não se cansava de elogiá-lo. "Ele é meu herói", disse a tia da menina. "Devemos muito a ele."

Em reportagem da rede de notícias NBC, um vídeo mostra o momento em que a criança, dançando em cima do aparelho de ar-condicionado, cai e é amparada por Bernard. Assista a reportagem, em inglês:

Com Efe e AP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.