Motorista de trem belga sobrevive a acidente

Funcionários ferroviários da Bélgica afirmaram, nesta terça-feira, que um dos motoristas dos dois trens que colidiram nas proximidades de Bruxelas sobreviveu ao acidente, apesar de ter ferimentos sérios. Pelo menos 18 pessoas morreram na colisão.

AE-AP, Agencia Estado

16 de fevereiro de 2010 | 11h17

Equipes de resgate buscam mais vítimas, entre os escombros de dois trens de passageiros que colidiram na segunda-feira, em um dos mais mortíferos acidentes ferroviários na história belga. Um porta-voz do serviço ferroviário nacional afirmou que a polícia pretende interrogar o motorista, assim que seu estado de saúde possibilite isso.

Investigadores da polícia belga irão ainda examinar as caixas-pretas dos dois trens para determinar as possíveis causas do acidente. Entre os possíveis motivos para a colisão estão falha mecânica, erro humano e também as condições climáticas, por causa da presença de neve. O acidente ocorreu perto de uma estação do subúrbio, 15 quilômetros ao sul de Bruxelas.

Tudo o que sabemos sobre:
Bélgicatremacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.