Mubarak é internado após ser chamado para investigação no Egito

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, de 82 anos, foi internado nesta terça-feira, disseram uma fonte jurídica e o site de um jornal estatal, dois dias após ser convocado pela promotoria pública para participar de uma investigação.

REUTERS

12 de abril de 2011 | 13h25

No domingo, a promotoria pública do Egito convocou Mubarak, deposto do poder em 11 de fevereiro após 30 anos no governo, como parte das investigações sobre a morte de manifestantes e o desvio de dinheiro público. Mubarak nega as acusações.

"O ex-presidente Hosni Mubarak foi internado... num hospital de Sharm el-Sheikh", disse o site do jornal estatal Al Ahram. Segundo o jornal, o presidente pode não viajar ao Cairo para a investigação por conta de sua internação. Uma fonte jurídica confirmou que Mubarak havia sido hospitalizado.

(Reportagem de Elmund Blair)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOMUBARAKINTERNADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.