Arquivo/AP
Arquivo/AP

Mubarak é levado a hospital depois de sofrer AVC

Ex-presidente do Egito, preso há duas semanas, deixou a cadeia em ambulância; estado de saúde é grave

estadão.com.br,

19 de junho de 2012 | 17h37

Texto atualizado às 17h54

 

CAIRO - O ex-presidente do Egito Hosni Mubarak foi levado nesta terça-feira, 19, a um hospital militar depois de ter passado mal. Mubarak, deposto no começo de 2011, sofreu um AVC depos de uma parada cardiaca. Seu estado de saúde é avaliado como grave. Ele cumpre pena de prisão perpétua depois de ter sido condenado pela Justiça egípcia.

 

Veja também:

especialESPECIAL: A lenta agonia de Hosni Mubarak

 

Mubarak, de 84 anos, foi sentenciado no dia 2 de junho e levado preso para Tora, no sul do Egito. O ex-presidente, que governou o país por mais de três décadas, deixou a cadeia em uma ambulância e foi levado para o hospital Maadi, segundo fontes do sistema prisional. O hospital é o mesmo em que o ex-presidente Anwar Sadat morreu, em 1981.

 

De acordo com a agência oficial do Egito, o ex-ditador sofreu uma nova parada cardíaca hoje. "O coração de Hosni Mubarak parou e ele foi tratado com a ajuda de um desfibrilador", disse a agência, com base em fontes de segurança. A saúde de Mubarak piorou nos últimos dias. Há uma semana, ele foi submetido a dois processos de desfibrilação cardíaca no hospital da prisão.

 

O traslado de Mubarak ao hospital ocorre ao mesmo tempo em que uma multidão protesta na Praça Tahrir, no centro da capital egípcia, Cairo.

 

Aguarde mais informações

Tudo o que sabemos sobre:
Hosni MubarakEgitoAVC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.