Mubarak é transferido à hospital no Egito

O promotor federal do Egito ordenou que o ex-ditador preso no país, Hosni Mubarak, seja transferido a um hospital militar com a piora do seu estado de saúde, informou nesta quinta-feira uma fonte da Promotoria.

AE, Agência Estado

27 de dezembro de 2012 | 12h21

Mubarak, que cumpre prisão perpétua, já havia sido levado rapidamente ao hospital em 19 de dezembro para exames após sofrer uma queda no banheiro da sua cela e machucar a cabeça. O ex-ditador de 84 anos voltará à prisão após o tratamento, segundo a fonte.

Mubarak foi condenado em junho após permitir a morte de manifestantes durante a revolta de 18 dias, ocorrida em fevereiro de 2011, que deu fim ao seu governo de três décadas. Cerca de 850 pessoas morreram na ocasião. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EgitoMubarakinternação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.