Mubarak teme união de grupos terroristas no Iraque

O presidente egípcio, Hosni Mubarak,externou neste domingo sua preocupação de que grupos extremistasno Iraque possam estar se unindo para promover futuros ataquesterroristas.Em visita a Paris, Mubarak disse, numa entrevista ao canal detelevisão France-3, que os Estados Unidos devem passar o controledo Iraque aos iraquianos o mais rapidamente possível se quiseremcolocar um fim ao terrorismo no país.?É impossível que outro país controle o Iraque", declarouMubarak, comentário que encontra apoio na França. "A situação doIraque é única. Estou com medo de estar presenciando um tipo deunião entre grupos extremistas a fim de realizar ataquesterroristas".Na segunda-feira, Mubarak tem um encontro agendado com opresidente francês, Jacques Chirac, em que discutirão a situaçãoiraquiana e o conflito entre Israel e palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.