Muçulmano é preso nos EUA por suposta ligação com terrorismo

Um segundo muçulmano ligado à Universidade de Idaho foi detido no âmbito de uma amplainvestigação de um grupo suspeito de ligação com o terrorismo próximo de duas faculdades, confirmaram fontes ligadas ao FBI.Outros dois homens estão sendo investigados, mas não foram detidos. Ambos têm laços com a Assembléia Islâmica da América do Norte (IANA, por sua iniciais em inglês) e vivem perto daUniversidade de Idaho, em Moscow, e da Universidade de Washington, em Pullman.Investigadores federais acusam a IANA, uma organização sem fins lucrativos que alega promover o Islã, de direcionar dinheiro para atividades de apoio ao terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.