Muçulmanos apedrejam o demônio na peregrinação a Meca

Com a tradicional peregrinação anual desenrolando-se de forma pacífica, até o momento, milhares de muçulmanos se dirigiram novamente, neste sábado, para este vale, fora da cidade sagrada de Meca, para jogar pedras de cristal em três pilares que representam o demônio. Cada um dos peregrinos jogou sete pequenos cristais nos pilares de pedra acizentada, enquanto cantavam "Allahu Akbar", ou "Deus é Grande". O ritual, que simboliza a rejeição das tentações de Satã, será repetido no domingo, data que, oficialmente, marca o último dia da peregrinação.A peregrinação, exigida de todos os muçulmanos que tenham condições físicas e financeiras pelo menos uma vez na vida, é uma jornada espiritual que, de acordo com a tradição, limpa a alma e leva embora os pecados. Dos cerca de 2 milhões de muçulmanos que, segundo as estimativas, estão participando da peregrinação deste ano, ou Haj, mais de 1,3 milhão vieram do exterior."Até agora não houve mortes causadas diretamente pela Haj, provocadas, por exemplo, pelo excesso de gente", disse Saad bin Abdullah al-Twijri, comandante das forças de defesa civil da Arábia Saudita. "Até agora, a situação tem estado muito boa", afirmou ele à Associated Press Television News.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.