Muçulmanos massacram cristãos na Nigéria

Multidões de muçulmanos, armados com machados e porretes, atacaram cristãos nas ruas da cidade de Kano pelo segundo dia consecutivo. Autoridades tentam conter a onda de violência, iniciada como vingança por um massacre de centenas de muçulmanos nigerianos. A polícia confirma pelo menos 30 mortes nesta cidade onde milhares - principalmente cristãos - correm para bases militares e delegacias de polícia em busca de refúgio. O número real, porém, pode ser muito maior.A polícia tem ordem de abrir fogo contra os revoltosos. O massacre teve início após uma passeata de milhares de muçulmanos, em protesto contra a morte de cerca de 600 muçulmanos, numa chacina ocorrida na cidade Yelwa.Os conflitos recentes ameaçam levar a espiral de violência adiante. Num dos bairros de Kano, moradores cristãos abriram fogo contra muçulmanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.