Mugabe persegue rivais, acusa oposição

Mais de um quarto dos opositores do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, no Parlamento foram presos desde que concordaram, em 2008, em participar de um governo de poder compartilhado. De acordo com declarações de integrantes tanto da oposição quanto do governo feitas ao jornal The New York Times, as detenções fazem parte de uma campanha de assédio de Mugabe cujo objetivo é afastar opositores do gabinete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.