'Muitos estão indo para escolas transformadas em abrigos'

"Estou aqui enxugando os pés. Peguei água já nos tornozelos. Na ponta sul de Manhattan, a água já invadia a beira do Battery Park. A água está subindo no Harlem também. O vento ainda não está insuportável. Mas a gente está vendo já o vento aumentar.

O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2012 | 02h00

Quase 400 mil pessoas tiveram ordem para sair de casa. Muitos estão indo para escolas que foram transformadas em abrigos temporários.

Já houve uma notícia de falta de eletricidade no Brooklyn, em razão de uma árvore derrubada pelo vento.

Mas a maior violência do furacão deverá ser contra New Jersey, no sul do Estado, onde estão esperando que haja uma falha enorme de eletricidade. É possível que as pessoas fiquem semanas sem eletricidade.

Uma previsão assustadora para Manhattan é que essa água que eu vi subindo poderá chegar a 3,5 metros de altura, excesso que criaria um estrago tremendo nas áreas baixas, incluindo Long Island."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.