AP Photo/Andre Penner
AP Photo/Andre Penner

Mujica diz que uma guerra comercial no mundo é 'perigo latente'

Ex-presidente e atual senador afirma que após a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, o mundo não sabe se haverá uma guerra comercial

O Estado de S. Paulo

06 Fevereiro 2017 | 17h11

MONTEVIDÉU - O ex-presidente do Uruguai José Mujica disse nesta segunda-feira, 6, que a possibilidade de o mundo entrar em uma guerra comercial é um perigo latente.

"O governo do Uruguai precisa enfrentar uma conjuntura internacional cheia de incertezas, que não sabemos se terminará em uma guerra comercial. Tomara que não, mas é um perigo latente", disse o senador após um ato da coalizão Frente Ampla.

Mujica explicou que um país pequeno como o Uruguai tem de ter uma "economia aberta" devido a necessidade de importar e vender muito ao exterior, um fator determinante para que se possa promover outras políticas no país. Além disso, o ex-presidente disse que os problemas da economia mundial foram determinantes para o Uruguai.

"Vi cair na minha juventude o Partido Colorado, depois de terem governado por 90 anos porque os termos de comércio mudavam da noite para o dia. Lembro de Luis Batlle, (presidente da República), indo aos EUA para tentar arrancar uns pesos a mais para a venda de carne que tínhamos naquela época", completou.

Mujica disse que após a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, o mundo não sabe se haverá uma guerra comercial.

"Somos um país de 3 milhões de habitantes e vivemos em um mundo convulsionado. Não sabemos o que irá ocorrer com a economia internacional", concluiu o ex-presidente. /EFE

Mais conteúdo sobre:
José Mujica Uruguai

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.