Mulá Omar diz que Ongs de ajuda são "as maiores inimigas do Islã"?

Uma nova mensagem atribuída ao mulá Omar, máximo líder do Taleban, atacou energicamente as organizações de ajuda ocidentais, qualificando-as de ?as maiores inimigas do Islã?. Tendo como pano de fundo repetidos ataques contra funcionários de organizações internacionais de ajuda no Afeganistão, a mensagem atribuída a Omar é perturbadora. Recebida nesta terça-feira em língua pashtun pela agência Associated Press, a mensagem se refere a ?todos os grupos de ajuda ocidentais?, chamando-os de ?os maiores inimigos do Islã e da humanidade?. A autenticidade da mensagem, que era assinada pelo mulá, não pôde ser verificada por fonte independente. Em regiões do leste e do sul do Afeganistão, a ajuda internacional diminuiu significativamente, enquanto o temor de ataques rebeldes, alguns deles mortais, levou várias Ongs a suspenderem viagens através da maioria das estradas. E os encarregados pela ONU de desativar minas terrestres só viajam protegidos por forte escolta armada.Embora o Taleban não tenha assumido responsabilidade pela marioria dos ataques, autoridades afegãs têm atribuído ao ex-regime governante a autoria desses ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.