Mulá Omar estaria perto de Kandahar

Um oficial anti-Taleban afirmou hoje que o supremo líder do Taleban, mulá Mohammed Omar - um dos homens mais procurados na guerra antiterrorismo dos EUA -, deve estar escondido, com centenas de seguidores, em um local ao oeste de Kandahar, sua ex-fortaleza. De acordo com Haji Gulalai, chefe da inteligência do governo de Kandahar, Omar e seus guerreiros aparentemente estariam na cidade de Baghran, na província de Helmand, a 160 quilômetros ao noroeste de Kandahar. Anteriormente, um porta-voz do governo afegão havia dito que sabia a "área geral" onde Omar estaria escondido, mas que não identificaria o local por motivos de segurança. Omar, o clérigo que lidera o Taleban desde sua criação, em 1994, fugiu de Kandahar antes da tomada da cidade pela opositora Aliança do Norte, no último dia 7, gerando intensas especulações sobre o seu paradeiro. O líder do governo interino do Afeganistão, Hamid Karzai, prometeu levar Omar à Justiça, e o secretário da Defesa dos EUA, Donald H. Rumsfeld, informou que Washington está oferecendo US$ 10 milhões por sua captura. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.