Mulher admite ter matado seis bebês, diz polícia

A mulher acusada de matar seis bebês a quem ela havia dado à luz há mais de 10 anos disse a investigadores que ela estrangulou ou sufocou os filhos e, em seguida, colocou-os dentro de caixas em sua garagem.

AE, Agência Estado

14 de abril de 2014 | 14h38

De acordo com um comunicado da polícia, Megan Huntsman disse que, entre 1996 e 2006, ela deu à luz a, pelo menos, sete bebês em sua casa e que todos, mas um deles, nasceram vivos.

Ela disse que os matou imediatamente depois que eles nasceram e colocou seus corpos em caixas. De acordo com o documento, cada bebê estava enrolado em uma toalha ou uma camisa e colocado em um saco plástico.

Huntsman está sendo mantida sob custódia a uma fiança em US$ 6 milhões, isto é, US$ 1 milhão para cada bebê que ela é acusada de matar. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
euabebesconfissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.