Divulgação/Clive Police Department
Divulgação/Clive Police Department

Mulher atropela adolescente de 14 anos nos EUA por 'parecer mexicana'

Caso aconteceu no estado de Iowa, a criança sofreu graves ferimentos, mas está bem

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de dezembro de 2019 | 16h46

ESTADOS UNIDOS - Uma mulher identificada como Nicole Marie Poole Franklin, de 42 anos, foi acusada de tentativa de assassinato depois de dizer à polícia de Iowa, nos Estados Unidos, que atropelou deliberadamente uma garota de 14 anos porque ela parecia "mexicana". O caso aconteceu na noite do dia 9 de dezembro, mas só agora se tornou conhecido pela imprensa. A menina foi atingida enquanto caminhava pra uma escola local e sofreu concussões e hematomas graves, mas já voltou à escola. 

"Os investigadores determinaram que foi um ato intencional, não um acidente", disse a polícia de Clive em comunicado divulgado na quinta-feira, 19, anunciando acusação de tentativa de assassinato.

1

O chefe de polícia Michael Venema afirmou que ficou "chocado" com a admissão da suspeita. "Franklin disse aos investigadores que atropelou a garota porque ela era, em suas palavras, 'uma mexicana'", disse Venema. "Ela fez várias declarações depreciativas sobre os latinos para nossos investigadores".

"Quero dizer, nos termos mais fortes possíveis, que não há lugar em nossa comunidade ou qualquer outro lugar para esse tipo de ódio e violência", acrescentou.

A mulher já tinha sido presa por um outro ataque supostamente cometido no mesmo dia. A polícia fixou o valor da fiança em um milhão de dólares e diz que está investigando a possibilidade de registrar acusações de crime de ódio.  

Tudo o que sabemos sobre:
Iowa [Estados Unidos]atropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.