Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mulher confessa culpa em fraude envolvendo atentados nos EUA

Uma mulher declarou-se culpada porsua participação na organização de um falso fundo em memória desua irmã, aproveitando-se dos atentados de 11 de setembro contraWashington e Nova York, informaram promotores federais. Mónica Cerda, de 28 anos, natural de San Antonio, apresentouontem sua declaração de culpa perante o juiz federal Fred Bieri.Sua sentença deverá ser emitida em 29 de março. Ele pode sercondenada a até cinco anos de detenção. Cerda reconheceu que abriu a conta bancária horas após osatentados e disse que sua irmã morreu intoxicada no World TradeCenter, em Nova York. No entanto, sua irmã estava no Texasquando ocorreram os atentados. Um número desconhecido de doadores contribuiu com o fundo,pelo menos um deles pelo correio, depois que uma emissora localde televisão levou ao ar a história, disseram autoridadesfederais. Posteriormente, o banco congelou a conta e reembolsou osdoadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.