Mulher de 82 anos é estuprada em asilo britânico

As autoridades da região de Nottingham, no centro da Inglaterra, pediram o aumento da segurança nos asilos da área após uma mulher de 82 anos, que se recuperava de um derrame cerebral, ter sido estuprada em seu quarto no domingo, 29. Segundo a polícia local, um funcionário do asilo onde estava a idosa encontrou um homem nu atacando-a em sua cama por volta de 5h20 do domingo (1h20 de Brasília).O invasor, descrito como ?negro, magro, com idade entre 20 e 25 anos e com tranças afro no cabelo?, conseguiu fugir. O inspetor policial Sean Anderson disse que o ataque contra a mulher, que não podia sair da cama, ?desafia a compreensão?.Portas e janelas trancadas As autoridades alertaram donos de asilos e moradores a aumentarem sua vigilância e deixarem as portas e janelas trancadas durante a noite até que o agressor seja capturado.?Desafia a compreensão que alguém possa descer a tão baixo nível para atacar e abusar sexualmente de uma senhora indefesa que teve um derrame e é incapaz de se defender?, afirmou o policial Anderson, que chefia o inquérito sobre o caso.Ele disse ainda que o agressor é ?muito perigoso? e precisa ser detido o mais rápido possível. Segundo ele, ainda será necessário estabelecer como o agressor entrou no asilo. A polícia cercou a área e realizou buscas com a ajuda de cachorros, mas o invasor não foi encontrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.