Mulher de arcebispo manterá greve de fome

Maria Sung, a médica sul-coreana de 43 anos que se casou em maio com o arcebispo zambiano Milingo, de 71, pelo ritual da seita Moon, afirmou hoje, em Roma, que manterá a guerra de fome iniciada há 13 dias, até que consiga se reunir com ele. Sexta-feira, após duas semanas, Milingo apareceu num noticiário da tevê italiana e leu uma carta na qual anunciou a decisão de abandonar a mulher e regressar à Igreja Católica. Está sendo negociada com o Vaticano uma reunião a sós entre Maria e Milingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.