Mulher de Berlusconi critica candidatas

A primeira-dama da Itália, Veronica Berlusconi, queixou-se ontem publicamente da lista de mulheres selecionadas pelo partido de seu marido, o premiê Silvio Berlusconi, para as eleições de junho do Parlamento Europeu. "É desprezível", disse. A relação de candidatas do Povo da Liberdade (PDE) inclui apresentadoras de TV e modelos. Veronica já havia reclamado da presença do premiê em um baile de 18 anos de uma "amiga".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.