Mulher de Estrada saca US$ 2,3 mi de Citibank

A ex-primeira dama filipina Luisa Ejército, esposa do deposto presidente Joseph Estrada, retirou 110 milhões de pesos (cerca de US$ 2,3 milhões) de três contas bancárias abertas em seu nome no Citibank, segundo informações divulgadas hoje pela imprensa local. Os saques foram realizados há três semanas, de acordo com uma documentação do banco que foi entregue para a Procuradoria Pública. Luisa deixou nestas contas bancárias cerca de US$ 30 mil. Em 23 de janeiro, Fiscais do Tesouro das Filipinas bloquearam as contas bancária do ex-presidente Joseph Estrada e de pessoas ligadas à sua família.O bloqueio aconteceu algumas semanas depois que o governo impediu Joseph Estrada e seus familiares de deixar o país em virtude da acusação de enriquecimento ilícito proveniente de suborno e outros atos ilegais. O Departamento da Receita Federal determinou que o dinheiro de Estrada de uma conta no Citibank fosse congelado.Estrada abandonou o poder de 20 de janeiro, em meio a um revolta popular. A vice-presidente Gloria Macapagal Arroyo assumiu a presidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.