Mulher diz que teve caso por 13 anos com Cain

Uma empresária da Geórgia, identificada como Ginger White, disse ontem que ela e o pré-candidato republicano à presidência Herman Cain tiveram um caso extraconjugal por 13 anos. "Vamos lá de novo. Não fiz nada de errado", disse Cain à CNN, antes de uma TV de Atlanta divulgar em seu site a denúncia da empresária, que o republicano admitiu conhecer. "Eu não sabia que ele era casado", disse White. A popularidade de Cain despencou depois que, no mês passado, várias mulheres o acusaram de assédio sexual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.