Mulher é achada morta na casa de diretor da AB Inbev

Uma mulher de 27 anos foi encontrada morta na tarde do último domingo em uma casa no Estado norte-americano do Missouri pertencente a August Busch IV, ex-executivo-chefe da cervejaria Anheuser-Busch e atual diretor da AB Inbev, informaram autoridades locais.

AE, Agência Estado

23 de dezembro de 2010 | 20h53

Adrienne Nicole Martin foi declarada morta às 13h26 na casa situada em Huntleigh, um bairro nobre de Saint Louis, segundo a polícia. Os paramédicos chamados para atender à emergência não encontraram nenhum sinal de trauma nem outros indícios que pudessem explicar imediatamente a morte da jovem, segundo o boletim de ocorrência.

A polícia local e o instituto de medicina legal do condado de Saint Louis promovem uma investigação conjunta do caso. Os exames para determinar a causa da morte podem demorar até um mês e meio para serem concluídos, disse Suzanne McCune, diretora do IML local.

Thomas M. Becker, comandante da polícia local, recusou-se a comentar matéria publicada pela imprensa da região segundo a qual a morte estaria inicialmente sendo investigada como overdose. Não se sabe se August Busch IV, de 46 anos, estava na residência no momento da morte. Ele atualmente é diretor da cervejaria AB Inbev, a maior do mundo em vendas. A sede da AB Inbev fica em Leuven, na Bélgica. O advogado do proprietário do imóvel onde a jovem morreu não foi encontrado para comentar o assunto. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mortemulhercasaAB Inbev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.