Mulher é advertida por cozinhar 'bem demais'

Annika Eriksson, cozinheira de uma escola em Falun, na Suécia, foi advertida por "cozinhar bem demais". A direção pediu a Annika que reduzisse o padrão dos "banquetes" que servia a alunos, já que outras escolas não podiam servir nada parecido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.