Javier SANZ / AFPTV / AFP
Javier SANZ / AFPTV / AFP

Mulher é presa na Espanha por ir surfar após ser diagnosticada com covid-19; veja

Sequência de vídeos mostra policiais aguardando a surfista sair da água para prendê-la

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2020 | 10h01

Uma mulher foi presa em San Sebastián, cidade litorânea localizada na região do País Basco, na Espanha, por ir surfar depois de ter testado positivo para a covid-19. Uma sequência de vídeos registrou o momento em que policiais aguardam a surfista sair da água até a prisão, que ocorreu na areia da praia.

Nas imagens, feitas por um banhista, vê-se a mulher algum tempo na água, apesar das advertências feitas por vários agentes da Ertzaintza, a polícia regional do País Basco.

"Recebemos um aviso de que esta pessoa tinha testado positivo, que estava de licença e, mesmo assim, tinha ido surfar, em vez de cumprir a obrigação de ficar em casa", relatou uma fonte da Ertzaintza à agência de notícias francesa AFP.

Segundo o autor do vídeo, gravado na segunda-feira, 7, na praia de Zurriola, a mulher era salva-vidas na praia de La Concha, a mais famosa da cidade.

Depois de sair da água, a mulher tenta se livrar de um policial que fala com ela de cassetete na mão. Por fim, dois agentes com traje de proteção de corpo inteiro levam-na pela braço, diante do olhar atônito dos banhistas deitados na areia. Segundo a Ertzaintza, a surfista foi "imediatamente" colocada à disposição de um juiz.

Veja os vídeos da prisão da surfista

/AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.