Departamento de Polícia
Departamento de Polícia

Mulher é presa por explodir amostra de urina em loja dos EUA

Angelique Sánchez colocou um recipiente plástico com o líquido em um micro-ondas, jogou o aparelho no chão e fugiu

O Estado de S.Paulo

04 Maio 2018 | 22h34

DENVER - Uma mulher foi detida e multada por explodir uma amostra da sua própria urina em um forno micro-ondas de uma loja de Aurora, no Colorado, nos Estados Unidos, informou nesta sexta-feira, 4, o departamento de polícia local.

+++ Atriz deixa rastro com a própria urina para atrair seu gato desaparecido

Segundo o relatório policial, Angelique Sánchez, de 26 anos, moradora de Denver, chegou nesta quinta-feira, 3, a uma loja da rede 7-Eleven situada em uma transitada intersecção em Aurora e colocou em um micro-ondas do local um recipiente plástico que explodiu pouco depois.

+++ Loja de móveis pede que clientes urinem em anúncio por desconto

Posteriormente, Angelique jogou o micro-ondas no chão e saiu do local, de acordo com o encarregado da loja, que, após identificar um cheiro de urina saindo do aparelho, chamou a polícia.

+++ Cor e aspecto da urina podem indicar doenças renais

Os agentes prenderam a mulher pouco depois em uma clínica próxima, especializada em exames médicos para pessoas que enviaram uma solicitação de emprego.

Segundo consta no relatório, Angelique "não entendeu" por que estava sendo questionada por causa do fato de que "não se tratava de urina real".

A detida, que não pôde completar seu exame, deverá pagar uma multa, por um montante não determinado, e também terá que apresentar-se em uma Corte para responder a acusações por destruição de propriedade privada.

Além disso, ela pode enfrentar acusações adicionais por interferir em operações de preparação de alimentos. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.