Mulher mais velha do mundo morre em Porto Rico

Ramona Trinidad Iglesias Jordan, que aos 114 anos foi reconhecida pelo livro Guninness como a mais velha mulher do mundo, morreu de pneumonia, informa a família. Iglesias morreu sábado, disse Rene Matos, um sobrinho-neto que mora nos EUA. Iglesias teve seu recorde - de mais velha mulher viva - reconhecido pelo Guinness em abril. A certidão de batismo cita como data de nascimento 31 de agosto de 1889, enquanto que uma certidão de nascimento tirada em 1948 dá a data como sendo 1º de setembro do mesmo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.