Mulher que pegou ônibus errado em 1982 chega a seu destino

Uma malaia de 76 anos que pegou o ônibus errado 25 anos atrás, e acabou vivendo na Tailândia, conseguiu se reencontrar com a família, disseram autoridades e a imprensa do país nesta terça-feira.Incapaz de falar, ler ou escrever em tai, a muçulmana Jaeyaena Beuraheng embarcou em um ônibus na Malásia pensando que ele se dirigia a Narathiwat, uma das três províncias de maioria muçulmana no extremo sul da Tailândia budista.Em vez disso, ela acabou a 1.200 km ao norte de Bangcoc. Seu desespero aumentou quando ela entrou em um ônibus pensando que ele se dirigia para o sul, mas na verdade acabou em Chiang Mai, mais de 700 km ao norte, informou o jornal Nation.Ela passou a se sustentar com dificuldade pedindo esmola por cinco anos, antes de ser presa em 1987 e ser colocada em um centro para desabrigados em uma província próxima, onde permaneceu desde então.Ela finalmente se reencontrou com seus oito filhos, que foram informados que a mãe havia sido atropelada por um trem, depois que três estudantes de Narathiwat foram trabalhar no centro e falaram com ela."Foi só quando os estudantes vestidos como muçulmanos a visitaram e ela começou a conversar com eles que nós percebemos que ela não era muda", disse o diretor do centro, Jintana Satjang, à agência de notícias Reuters.A mulher era conhecida como "Senhora Mon", porque seus murmúrios soavam como mon, uma língua tribal do país vizinho Mianmar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.