Mulheres ameaçam com 'guerra ao Viagra'

Um grupo de parlamentares mulheres democratas nos EUA ameaçou "declarar guerra" ao Viagra em resposta aos congressistas homens que tratam de aborto. Elas dizem que seria uma resposta à "interferência em direitos reprodutivos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.