Mulheres participam de eleições no Kuwait pela 1ª vez na história

As mulheres depositaram seus votos e participaram como candidatas nas eleições pela primeira vez na história do Kuwait. Elas tomaram parte de um pleito local realizado nesta terça-feira, 04, neste país extremamente conservador. Entretanto, as estimativas iniciais davam a entender que o índice de comparecimento feminino teria sido baixo. "Eles nos deram alguma atenção. Nós nos tornamos iguais", opinou Iman al-Issa, de 28 anos, enquanto esperava numa fila de mulheres para depositar seu voto. Homens e mulheres devem votar separadamente no Kuwait em respeito às tradições islâmicas. A votação para apenas uma cadeira na Câmara dos Vereadores da Cidade do Kuwait ocorre quase um ano depois de o Parlamento local ter aprovado uma lei permitindo a participação das mulheres nas eleições locais. A cadeira em questão ficou vaga em fevereiro, quando Abdullah al-Mhailbi, então vereador, foi indicado para compor o gabinete de governo. A Câmara dos Vereadores da Cidade do Kuwait tem 16 cadeiras, sendo dez escolhidas pelos eleitores e seis ocupadas por indicação dos governantes.

Agencia Estado,

04 Abril 2006 | 16h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.