Multidão afegã depreda embaixada; presidente se desculpa

Uma multidão de centenas de afegãos invadiu e depredou o complexo da embaixada do Paquistão no país, quebrando janelas, computadores e destruindo automóveis. O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, pediu pesculpas. A depredação da representação diplomática paquistanesa foi a quarta em 15 anos e piorou ainda mais o relacionamento entre os dois países, que vêm se enfrentando em escaramuças de fronteira.

Agencia Estado,

08 Julho 2003 | 16h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.