Multidão ataca comboio britânico no Iraque e mata soldado

Horas antes de o premier Tony Blair depor perante um comitê encarregado de investigar sobre a morte do assessor britânico de armas David Kelly, alvo de uma polêmica em torno da guerra no Iraque, o site do jornal New York Times informou sobre a morte de um soldado britânico no sul do Iraque atingido pela explosão de uma das granadas propelidas por foguete lançadas por uma multidão contra um comboio militar.Outro soldado inglês ficou ferido no incidente, disse hoje o comando militar britânico na região. O incidente elevou para 11 o número de soldados britânicos mortos em ação desde 1º de maio, quando foi declarado o fim dos principais combates liderados pelos EUA para derrubar Saddam Hussein. No mesmo período, morreram 64 soldados americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.