Multidão lincha prefeito acusado de corrupção no Peru

Uma multidão irada linchou um prefeito de uma cidade do planalto peruano acusado de corrupção, e depois atacou a delegacia de polícia local. Moradores de Ilave, cerca de 910 km a sudeste de Lima, perto do Lago Titicaca, arrancaram de sua casa e mataram o prefeito Cirilo Fernando Robles na segunda-feira, depois que ele se recusou a renunciar, informou o ministro do Interior, Fernando Rospigliosi.Cerca de mil pessoas passaram então a jogar coquetéis molotov contra a delegacia, defendida por cerca de 50 policiais. Rospigliosi falou por telefone com os policiais e pediu a eles para resistirem. Mas pouco depois as linhas telefônicas foram cortadas. Ainda não se sabe o que ocorreu com os policiais. A população fechou a cidade e não permitiu a entrada de repórteres.Os moradores, a maioria indígenas aymará, vinham protestando há dias contra o prefeito, acusado de corrupção e de não cumprir suas promessas de campanha. Autoridades do governo enviaram uma delegação à cidade a fim de tentar restabelecer a calma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.