Multidão mistura sagrado e profano para ver o papa em estádio

Um homem solitário acenou da boca dovestiário do novo estádio de Washington, atraindo a veneraçãodos 46 mil presentes como se tivesse feito uma jogadaantológica. Era o papa Bento 16, que segurava um cajado douradoem vez de um bastão de beisebol. Esse novo templo do esporte na capital dos EUA custou 611milhões de dólares. Na quinta-feira, um belo de dia primavera,o fraco time da casa, o Nationals, deu espaço para peregrinoscatólicos que misturavam rituais sagrados e profanos para verseu líder máximo. "Isso abençoa o estádio. Torcemos que os Nats ganhem maisjogos", disse Judy Guy, habitante da vizinha Arlington, naVirginia. O Nats perdeu 11 de seus 15 jogos e está em último lugar natabela, para desânimo da torcida. "Provavelmente você não vaiver uma multidão desse tamanho no estádio tão cedo", disseJamie Charles, de Burke, Virginia. Assim como a torcida que lotou o estádio na suainauguração, em 31 de março, os fiéis elogiaram o campo devisão e disseram que o Nationals Park é bem melhor que oMemorial Stadium, em Baltimore, onde João Paulo 2o celebroumissa em 1995. "É muito mais intimista e sagrado", disse Mary Ann Woltz,de Selingsgrove (Pensilvânia), que comia um cachorro-quenteenquanto padres distribuíam a hóstia perto dali. O estádio precisou passar por uma certa maquiagem paraatenuar sua atmosfera comercial. Um enorme selo pontifíciocobria a base dos rebatedores, e o altar dourado e branco foicolocado no meio do campo. Bandeiras dos EUA encobriam os outdoors, e os telõesmostravam símbolos da Igreja em vez dos habituais anúncios decerveja e seguradoras. Quem pagou 300 dólares pelos melhores lugares, atrás dabase principal, teve a rara visão de um campo de beisebol cheiode plantas dentro de vasos. Mas a atmosfera do jogo não estava completamente ausente.Os fiéis bebiam Coca-Cola, comiam amendoim e aplaudiam nosmomentos mais importantes. Enquanto Bento 16 preparava acomunhão, o cheiro de pizza tomava a arquibancada superior. Crianças pulavam ao se verem no telão, que tambémtransmitiu comentários após o evento. Havia longas filas nasbarracas de souvenirs, onde camisetas, sacolas e bonés eram ositens mais procurados. No domingo, o papa celebra missa no estádio Yankee, em NovaYork, a casa de um dos melhores times de beisebol dos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.